Calvície: cientistas relacionam células troncos crescimento de cabelos

FUT, FUE, PRP, transplante e implante capilar. As possibilidades de tratamento para quem sofre com a calvície (alopécia androgenética) ou com a queda de cabelo são cada vez maiores. Nas últimas semanas, um assunto deu o que falar no meio internacional: RCGD423 e UK5099.

Essa combinação de números com letras é o que norteia o estudo de cientistas da Universidade da Califórnia que resolveram utilizar drogas experimentais em um experimento científico que teve como objetivo primário analisar as chances de acabar com a calvície por meio das células tronco.

Segundo reportagem da revista Super Interessante, como protótipo, os pesquisadores testaram as drogas em ratos que recuperaram em 100% os pelos do corpo.

Segundo os cientistas, essas drogas acionam um efeito dormente nos folículos capilares e esse é o estado preferido das células troncos. Isto porque ao contrário do que acontece em órgãos e tecidos, a região dos cabelos é ativada só quando interessa e é nesse momento que os fios crescem. O assunto repercutiu e foi parar nas páginas do jornal Cell Biology.

Com mais detalhes, os cientistas apontaram que o metabolismo das células tronco funciona de uma maneira diferente e são capazes de retirar a energia que usam para crescer e expandir. Quando quebram a glicose, as células que ficam nos folículos capilares geram uma substância chamada ácido pirúvico que pode virar ácido lático. Ao testar as duas substâncias, percebeu-se que quando se bloqueia o ácido lático nas células, a mudança impede a ativação das células tronco capilares e o crescimento de pelo.

Nisso, as drogas RCGD423 e UK5099 foram acionadas. A primeira aumenta a produção do ácido lático e a segunda bloqueia a entrada do piruvato na célula que produz energia e o resultado é que a mesma precisa produzir a substância sozinha.

É importante destacar que o estudo ainda não foi testado em humanos e que essa é uma das possibilidades que ainda está em análise.

O transplante e o implante capilar são soluções bastante eficazes contra esse problema que atinge homens e mulheres de todas as idades e produzem efeitos naturais e duradouros.

Em grande parte dos casos, os fios de cabelo crescem inclusive de forma definitiva. Em uma ou giga sessões, o paciente pode escolher um ou dois dias cirúrgicos para fazer o tratamento. O pré-operatório é tranquilo, geralmente o paciente é liberado no mesmo dia e o período de recuperação também é bastante confortável.