Médico explica os benefícios e os efeitos colaterais dos remédios contra a queda de cabelos

Pessoas que sofrem com a queda de cabelos sempre buscam métodos e fórmulas que acelerem o crescimento dos fios ou, ainda, que curem totalmente a calvície. Em uma busca rápida pela internet é possível encontrar truques caseiros e indicações sobre remédios como Finasterida, Minoxidil e Pantogar.

O médico especialista em restauração capilar Dr. Thiago Bianco recebe diariamente em seu consultório pacientes cheios de dúvidas em relação à queda capilar e ao uso dos remédios para tratar a calvície.

“A Finasterida atualmente é a medicação principal para tratamento de queda capilar. Ela bloqueia a enzima 5α-Redutase e inibe a produção de DhT. O grande problema desta medicação é que ela pode causar alguns efeitos colaterais como a perda de apetite sexual, diminuição do volume ejaculatório e, a pior e mais arriscada, a teratogenicidade (alterações no feto) caso utilizado por gestantes”, explica Bianco.

Outro medicamento aliado à prevenção da queda dos fios, é o Minoxidil, um remédio que dilata os vasos sanguíneos. A ação principal é a diminuição da queda e consequentemente o fortalecimento dos fios que estão em processo de afinamento, estes fios, com a melhora na circulação local aumentam de espessura. O remédio pode ser aplicado em forma de loção ou espuma.

Leia também: Por que as mães perdem tanto cabelo no pós-parto?

Já o Pantogar, queridinho entre as mulheres, é um complexo vitamínico que auxilia no tratamento da queda de dentro para fora. “O Pantogar é um suplemento vitamínico que vai suprir as carências vitamínicas, proteicas e com uma ação mais direcionada à pele, cabelo e unhas. Geralmente, os pacientes sentem diferença no tônus da derme, nas unhas e na queda capilar. Além disso, sentem diferença na qualidade dos fios que cresceram”, complementa o médico.

Para o especialista, é importante saber que todos os remédios citados são formas preventivas, ou seja, não funcionam quando a calvície já se tornou definitiva. “Somente um especialista pode esclarecer as dúvidas, advertir sobre os efeitos colaterais e alinhar a expectativa do paciente com a realidade que o tratamento vai proporcionar. Se mesmo com este tipo de tratamento a calvície avançar, somente o transplante capilar poderá reverter definitivamente a calvície”, finaliza o médico.

calviciebulbos capilares