Conheça a finasterida

Uma das medicações mais eficazes e polêmicas que existe para calvície é a finasterida.
A calvície ou alopécia androgenética é uma patologia que tem forte influência com um hormônio chamado di-hidrotestosterona ou DHT, este hormônio é responsável pelo afinamento e queda dos fios que culminam com o aparecimento da calvície.
A principal droga utilizada para diminuir a produção deste hormônio é a finasterida.
A droga utilizada em doses mais altas, é utilizada para tratar hiperplasia prostática benigna, e em doses mais baixas para tratar a alopécia androgenética.
A finasterida é um medicamento antiandrogênico que inibe a enzima 5-alfa redutase que faz a conversão de testosterona em di-hidrotestosterona,
A eficácia da finasterida em prevenir a progressão da calvície é comprovada, e é uma das drogas em conjunto com o minoxidil aprovadas pelo FDA americano para tratamento da calvície.
Muitas controvérsias existem em relação à finasterida devido aos seus possíveis efeitos colaterais em relação a disfunções sexuais.
O principal dos efeitos possíveis é a queda de libido, ou apetite sexual, oligoespermia que é a diminuição do volume de espermatozoides e relatos de disfunção erétil também foram constatados.
Em alguns países a bula foi alterada e agora consta disfunção erétil como um dos possíveis efeitos colaterais da medicação.
A finasterida ainda é uma das principais armas contra a progressão da calvície e é mundialmente prescrita para tratamento da alopecia androgenética.
A análise da prescrição da droga par pacientes deve ser feita em conjunto entre médico e paciente após avaliação do custo beneficio do uso da droga para o paciente.

quanto custa um transplante capilarcalvicie