Diferença entre as técnicas de transplante capilar

Todo transplante capilar independente da técnica utilizada é realizado seguindo alguns princípios comuns. A Retirada de unidades foliculares de uma região com que apresenta fios permanentes e sua posterior colocação nas áreas  de calvície ou rarefação de fios.
As duas principais técnicas de transplantes capilares utilizadas atualmente são o FUT (Follicular Unit Transplantation) ou Strip Technique e o FUE (Follicular Unit extraction).
 Cada técnica tem suas vantagens em relação a outra e normalmente a indicação de qual técnica será utilizada é discutida entre cirurgião e o paciente.
A técnica FUT, consiste na retirada de uma faixa de couro cabeludo da região occipital, com comprimento e espessura variáveis, a depender da circunferência da cabeça e da elasticidade do couro cabeludo, quanto maior o comprimento e a espessura da faixa maior será a quantidade de fios que serão transplantados durante a cirurgia.
Utilizamos uma nomenclatura para denominar o tipo de cirurgia que será realizado em relação a quantidade de fios. Normalmente cirurgias em que são transplantados até 2000 Unidades Foliculares ou até 5000 fios de cabelo denominamos como mega sessão.  A cirurgias onde são transplantadas acima de 3000 Unidades Foliculares em média  7000 fios denominamos como giga sessão. Normalmente as giga sessões são realizadas através da técnica fut. A desvantagem desta técnica para alguns pacientes é que a mesmo produz uma pequena cicatriz linear,  geralmente com 2 mm de espessura na região da nuca entre as duas orelhas, portanto em situações onde o paciente deseja utilizar  o estilo de cabelo raspado, existe a possibilidade da visualização futura desta cicatriz, no entanto com corte de cabelo um pouco mais alto, a cicatriz fica totalmente oculta.
A técnica FUE, por ser realizada através da extração de unidades foliculares fio por fio, não produz a cicatriz típica do transplante capilar permitindo ao paciente a utilização de qualquer corte de cabelo.  Sua desvantagem reside no fato de que por cirurgias, são transplantadas uma quantidade menor de fios, em média entre 2500 a 3000 fios, porém com esta técnica existe possibilidade de se realizar mais de uma sessão em um curto período de tempo ou mesmo consecutivas.
Com as mega sessões de transplantes capilares pela técnica FUE, que consistem em dois dias cirúrgicos consecutivos já é possível atualmente transplantarmos até 6000 fios de cabelo.
Independente de qual técnica for utilizada, para atingir resultados naturais e imperceptíveis, é necessário que o cirurgião tenha domínio absoluto em ambas as técnicas e ter um staff altamente qualificado e experiente para a lapidação das unidades foliculares.
microtransplante capilartransplante fio a fio